Siza Vieira pela lente de Ferreira Alves

“Siza – Uma Casa Habitada” é o nome da exposição de fotografia de Luís Ferreira Alves, onde a temática é uma das casas mais emblemáticas desenhada pelo arquiteto Álvaro Siza Vieira. Esta mostra irá ocupar o Silo – Espaço Cultural, no piso 0 (junto ao parque infantil), de 18 de fevereiro a 25 de março. Acredite, não pode mesmo faltar!

Em 1986, Luís Ferreira Alves visitou a Póvoa do Varzim, a convite de Siza Vieira, para fotografar duas casas da sua autoria. Por lá deparou-se com uma casa semicoberta de vegetação, quase impossível de fotografar. Em conversa com Siza, o arquiteto terá dito: “Hei-de fazer uma casa mesmo infotografável!”

Trinta anos depois, os dois revisitaram o local e encontraram a Casa de Beires “perdida” numa densa floresta. Ainda assim, Ferreira Alves encontrou então uma forma de a fotografar – uma forma diferente: não como uma ruína mas como uma casa que foi habitada por diversas gerações que a marcaram com as suas vivências. “O convite que o Álvaro me fez para fotografar a casa tal como está, assumindo-a sem alterações, constitui, além de um desafio ímpar, uma oportunidade de exprimir quanto admiro a obra deste meu amigo.”

A casa da família Beires, uma das mais simbólicas da carreira do arquiteto portuense, é então a grande protagonista da exposição “Siza – Uma Casa Habitada”. Uma mostra que inclui 14 imagens de grande formato, selecionadas do livro “Álvaro Siza / Ferreira Alves – Casa Beires”, editado em outubro de 2017, e que se encontra à venda na Fnac.

Em destaque nestas imagens está inevitavelmente a questão da passagem do tempo. “Só o tempo – esse arquiteto que não tolera erros – e o sol, filtrado pelas cortinas de origem e pelas árvores e arbustos que invadem o jardim, transformam os espaços em contínua expansão e inscrevem desenhos em paredes, tetos e pisos: manchas de luz e sombra que se movem sem pressa”, revela o premiado arquiteto português.

Tanto Siza Vieira como Ferreira Alves estarão presentes na inauguração desta exposição, no dia 17 de fevereiro, pelas 18h, para aquela que é a primeira sessão de 2018 de “Conversas no Silo”, moderada pelo curador do Silo-Espaço Cultural, Nuno Malheiro Sarmento. “Trata-se de um projeto absolutamente original na obra de Luís Ferreira Alves e uma oportunidade de ver a obra de Siza Vieira de uma perspetiva muito invulgar”, explica o curador artístico.

Com entrada gratuita, a exposição poderá ser visitada até ao próximo dia 25 de Março, de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 20h00 e aos fins de semana das 12h30 às 22h00.

Não perca a oportunidade de ver um trabalho que une a fotografia e a arquitetura e dois talentos imperdíveis!

Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço