Dia Mundial da Saúde Oral: 3 conselhos para seguir

Sabia que ao cuidar da sua boca, está a prevenir possíveis doenças? Hoje, no Dia Mundial da Saúde Oral, trazemos-lhe três conselhos para que comece já hoje a cuidar da sua.

Segundo dados do Barómetro Nacional de Saúde Oral, mais de 30% dos portugueses revelou que nunca vai ao dentista ou apenas vai em casos de emergência. O mesmo estudo avança ainda que 41% da população não vai a uma consulta de medicina dentária há mais de um ano.

Se faz parte destes números, está na hora de mudar. Cuidar da nossa saúde oral pode prevenir outras doenças – por vezes muito mais graves – como, por exemplo, o cancro oral.

Este mesmo estudo confirma que Portugal é um dos países com maiores taxas de incidência e mortalidade a nível europeu de cancro oral. Surgem 15 casos desta doença por cada 100 mil habitantes. A boa notícia é que quando o diagnóstico é feito logo no início e a doença é tratada de imediato, a taxa de cura é elevada.

Um outro fator de risco associado a esta doença vai muito além do tabaco e do álcool. Também as próteses dentárias – quando mal adaptadas – podem provocar um traumatismo crónico na boca.

Se quer começar já hoje a cuidar da sua saúde oral, eis três conselhos para ler, apontar e pôr em prática todos os dias. E que não custam nada:

1. Prevenir, prevenir, prevenir.

Nunca é demais, certo? Como remediar nunca teve bons resultados, prevenir é mesmo o melhor remédio. Para isso, as consultas de check-up dentário são essenciais. Além de fazerem um diagnóstico completo ao estado da sua saúde oral (perceber a existência de cáries, inflamações ou até mesmo o elevado aparecimento de tártaro), também pode aproveitar para realizar logo uma limpeza mais profunda aos seus dentes, que deve ser feita de seis em seis meses.

2. Escovar para higienizar

Este é um passo fundamental para a promoção da saúde oral e para a prevenção de várias doenças. Quem o diz é a Direção Geral da Saúde que afirma que esta ação deve “ser executada duas vezes por dia (uma à noite e uma outra quando for possível): deve usar-se sempre um dentífrico fluoretado e uma escova suave, de tamanho adequado, para que seja possível aceder a todas as áreas dos dentes”.

Faça deste hábito um momento familiar divertido: reúna os mais novos, escolham escovas que eles gostem e façam-no juntos, no mínimo dois minutos por escovagem!

3. Comida saudável, boca saudável

Comer de forma saudável é meio caminho andado para uma boca saudável. Ao ingerirmos uma grande quantidade de alimentos e bebidas com açúcar, por exemplo, aumentamos os riscos de desenvolver problemas dentários, sendo que a acidez dos alimentos ajuda também à erosão das gengivas e dentes.

Preparado para uma boa saúde oral? Agora, sim!

Categorias
Vida Saudável
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço