Dia da Mãe: qual o presente ideal?

É certo que todos os dias são dias para celebrar as nossas progenitoras, mas a 6 de maio tal celebração é inevitável ou não fosse este o Dia da Mãe. Para que a tarefa de surpreender e mimar a sua não seja um verdadeiro quebra-cabeças, apresentamos-lhe um rol de sugestões para todos os gostos e necessidades.

“Mãe – que adormente este viver dorido,
E me vele esta noite de tal frio,
E com as mãos piedosas ate o fio
Do meu pobre existir, meio partido…

Que me leve consigo, adormecido,
Ao passar pelo sítio mais sombrio…
Me banhe e lave a alma lá no rio
Da clara luz do seu olhar querido…

Eu dava o meu orgulho de homem – dava
Minha estéril ciência, sem receio,
E em débil criancinha me tornava.

Descuidada, feliz, dócil também,
Se eu podesse dormir sobre o teu seio,
Se tu fosses, querida, a minha mãe!”

Antero de Quental, in “Sonetos”

Tal como Antero de Quental, muitos foram os autores que lhe dedicaram obra ou não fosse a mãe – aliás, as mães – inspiração maior. Dizemos que a nossa é que é a melhor do mundo e que todos os dias lhe pertencem, mas a verdade é que por vezes nos esquecemos disso na prática quotidiana. Para o contrariar, e em jeito de lembrete, todos os anos se comemora o Dia da Mãe.

Foi em 1858 que a norte-americana Ann Maria Reeves Jarvis fundou o Dia do Clube das Mães Trabalhadoras, para tentar diminuir a mortalidade infantil em famílias de mães trabalhadoras. Após a sua morte, em 1905, a filha Anna Jarvis assumiu esta causa como sua e encetou uma campanha para que esta data fosse reconhecida oficialmente, o que veio a acontecer em 1914, com o Congresso dos EUA a aprovar um decreto que estabeleceu o segundo domingo de maio como Dia da Mãe. Em Portugal, esta data é celebrada no primeiro domingo de maio para que não coincida com as comemorações de Fátima.

Assim, este ano o Dia da Mãe comemora-se a 6 de maio, e porque sabemos que já está a pensar na melhor prenda, fique com as nossas sugestões.

Jóias
Diz-se que os diamantes são os melhores amigos da mulher e não é por acaso. Uma boa jóia, cheia de significado, dura a vida inteira e é capaz de agradar até às mães mais exigentes. Do colar clássico aos brincos mais arrojados, escolha a peça que melhor combina com a sua personalidade.

Roupa interior
Se tem uma mãe vaidosa, sensual e que dá importância ao conforto então a roupa interior é uma aposta ganha. Um pijama primaveril, um fato de banho colorido ou uma lingerie atrevida são alguns exemplos de presentes que não a vão desiludir.

 

Beleza
É fã de perfumes, nunca sai de casa sem maquilhagem e tem as gavetas da casa de banho a transbordar de cosméticos? Acredite que os produtos de beleza fazem brilhar os olhos da sua mãe e para ela um perfume, um creme ou um batom na carteira nunca são de mais.

Objetos para o dia a dia
Sempre que pensa na sua mãe pensa na sua agenda preenchida e nas suas múltiplas funções? Esta galeria é menina para lhe dar algumas ideias. Da decoração aos gadgets, opte por algo que lhe facilite o dia a dia e, claro, lhe arranque um belo sorriso.

Moda
O estilo da sua mãe é uma verdadeira inspiração? Então esteja atento às tendências desta estação e acrescente ao seu guarda-roupa a peça que lhe falta. Ofereça-lhe um blazer descontraído, um vestido florido ou uma carteira que marque a diferença em qualquer look.

Partilhar