Comer carne é mais saudável do que ser vegetariano

Um estudo recentemente divulgado mostra que comer exclusivamente fruta e vegetais pode aumentar o risco de doenças a longo prazo.

Um estudo da Universidade de Graz, na Áustria, concluiu que uma dieta à base de leguminosas e fruta pode significar menor qualidade de vida e maior risco de doenças mentais, cancro e alergias. Para o estudo, foram observados os hábitos alimentares de 1320 pessoas, 330 vegetarianas, 330 consumiam carne mas também bastante fruta e legumes, 300 com uma alimentação comum mas com redução na quantidade de carne, e 330 pessoas que introduziam bastante carne nas suas dietas.

De acordo com o estudo, apesar de os vegetarianos terem uma vida mais ativa, fumarem menos e consumirem menos álcool, o facto de consumirem apenas frutas, legumes e alimentos integrais traduz-se numa falta de gorduras saturadas e colesterol. Esta carência pode levar a uma aumento de probabilidade de desenvolver doenças mentais como depressão, distúrbios alimentares e alergias.

Nathelie Burket, a epidemiologista que coordenou o estudo, disse, em entrevista citada pelo jornal inglês “The Independent”, que foi provado que “os vegetarianos sofrem mais de certos problemas como asma, cancro e doenças mentais em comparação com pessoas que comem carne”. Ainda assim, “não é possível afirmar ao certo qual é a causa e qual é o efeito”. “Para chegar a essa conclusão é preciso estudar mais a questão”.

Publicação
21 de Abril de 2016
Categorias
Vida Saudável
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço