Apple: muitas novidades e um regresso ao passado

Foi em dois eventos separados, e transmitidos apenas online, que a Apple apresentou os seus novos produtos. E há muitas novidades!

Quatro modelos de iPhone, dois iPad, dois Apple Watch e um bundle de serviços: depois de meses de rumores e especulações, a gigante da tecnologia finalmente revelou todas as suas novidades para 2020. A apresentação aconteceu em dois eventos separados (uma vez que a produção dos novos iPhone foi atrasada devido à pandemia e, por isso, a sua chegada ao mercado só aconteceu em outubro em vez do habitual mês de setembro) e este ano foi transmitida apenas via live streaming.

Se não conseguiu acompanhar as apresentações dos novos produtos da Apple, deixamos-lhe aqui um resumo.

iPhone 12 & iPhone 12 mini

Este é, sem dúvida, o produto mais esperado da marca. Com um design renovado, o novo iPhone 12 vai um pouco ao encontro do estilo dos antigos iPhone 4 e 5, de aspeto mais “quadrado”. Para além disso, este novo modelo é mais pequeno e fino do que o anterior, mas mantendo o mesmo tamanho de ecrã: 6,1 polegadas.

Mas vamos ao que mais interessa: o iPhone 12 vem equipado com o processador A14 Bionic, o mais rápido de sempre num smartphone e vem preparado para a rede 5G. Inclui um ecrã OLED (Super Retina XDR), moldura de alumínio de qualidade aeroespacial e, em vez do habitual vidro, a marca optou por utilizar Ceramic Shield, que é quatro vezes mais resistente a quedas.

Quanto às câmaras, houve pequenas alterações: continuam a ser duas (grande angular e ultra grande angular) e a câmara frontal inclui agora o Modo Noite. A nova grande angular deixa entrar 27% mais luz, o que permite tirar fotografias com um nível de detalhe e cor muito superior, tanto de dia como de noite. O iPhone 12 também permite gravação de vídeo HDR com Dolby Vision até 30 fps e Time-Lapse no Modo Noite.

Outra das grandes novidades do iPhone 12 é o MagSafe. Os ímanes incluídos no telemóvel estão perfeitamente alinhados para permitir carregamentos wireless mais rápidos (até 50% em 30 minutos). Pode também juntar ao iPhone uma capa MagSafe, uma carteira ou ambas as coisas (o telemóvel inclui um sistema de segurança para não desmagnetizar cartões de crédito).

O novo iPhone 12 vem em cinco cores diferentes – preto, branco, (PRODUCT)RED, verde e azul -, com capacidades de 64, 128 ou 256GB e o preço começa dos 929€.

Para além deste novo modelo – e pela primeira vez na sua história – a Apple lançou a versão iPhone 12 mini. Com exatamente as mesma características e funções do iPhone 12, o mini é, obviamente, mais pequeno: tem apenas 5,4 polegadas de tamanho de ecrã. O iPhone 12 mini começa nos 829€ e só estará disponível em novembro.

iPhone 12 Pro & iPhone 12 Pro Max

Como é habitual, a marca lançou também as versões Pro do novo iPhone, com alterações nos tamanhos: o iPhone 12 Pro tem um ecrã de 6,1 polegadas (ao contrário das 5,8 do seu antecessor) e o iPhone 12 Pro Max tem um ecrã de 6,7 polegadas (ao contrário das 6,5 anteriores). O ecrã e o processador são exatamente iguais aos da versão 12 e estes telemóveis vêm igualmente preparados para o 5G e incluem a tecnologia MagSafe.

Uma das diferenças mais significativas está nas câmaras: ao contrário do iPhone 12, estes incluem uma teleobjetiva e o Modo Noite na opção de retrato. Para além disso, a Apple introduziu também uma nova tecnologia: o Sensor LiDAR permite medir o tempo que a luz demora a ser refletida num objeto e, assim, consegue criar um mapa de profundidade de qualquer espaço. Esta tecnologia é ideal para tirar retratos no modo Noite, tem foco automático mais rápido com pouca luz e permite experiências de realidade aumentada ainda melhores.

Os iPhone 12 Pro e Pro Max vêm em quatro cores – prateado, grafite, dourado e azul pacífico – e com capacidades de 128, 256 ou 512GB. O iPhone 12 Pro começa nos 1179€ e o 12 Pro Max nos 1279€, mas só estará disponível em novembro. Este ano, como medida para reduzir o desperdício e a pegada de carbono, a Apple decidiu não incluir o adaptador de corrente e os fones em nenhum dos seus iPhones.

iPad & iPad Air

Este ano a Apple decidiu reavivar o iPad Air. Tal como no caso dos iPhones, o iPad tem também um design renovado, mais “quadrado”. A marca retirou o botão do menu inicial e incluiu agora o Touch ID no botão superior.

Este novo iPad tem 10,9 polegadas, um ecrã Liquid Retina e inclui o processador A14 Bionic (o mais avançado de sempre da marca). É ainda compatível com o Apple Pencil e com o Smart Keyboard e tem uma porta USB-C. Ao contrário das versões anteriores, este iPad está disponível em cinco cores – prateado, cinzento sideral, rosa-dourado, verde e azul-céu -, com capacidades de 64GB ou 256GB, e começa nos 679€.

A marca lançou, também, uma nova versão do iPad, mais acessível do que o modelo Air. Este tem 10,2 polegadas, inclui o processador A12 Bionic e é compatível com o Apple Pencil e com o Smart Keyboard. O iPad mantém o botão do menu inicial e inclui todas as funcionalidades do iPadOS 14. Está disponível em três cores – cinzento sideral, prateado e dourado -, com capacidades de 32GB ou 128GB e começa nos 399€.

Apple Watch Series 6 & Apple Watch SE

“O futuro da saúde está no seu pulso”. É este o moto do Apple Watch Series 6. Em tempo de pandemia, o novo smartwatch da Apple foi criado a pensar na saúde dos seus utilizadores e inclui novas funções, como a possibilidade de medir o nível de oxigénio no sangue ou fazer um eletrocardiograma.

Em relação ao aspeto físico, o novo Apple Watch inclui agora duas novas cores – (PRODUCT)RED e azul – e uma grande variedade de novos mostradores. Para além disso, a marca apresentou, ainda, a nova bracelete Solo: uma peça única, sem fecho ou fivela, que está disponível em dois materiais e nove tamanhos diferentes.

Tal como no caso dos iPhones, o Apple Watch também não traz adaptador de corrente. O Apple Watch Series 6 está disponível com caixa em cinco cores – cinzento sideral, prateado, dourado, azul e vermelho – e quatro tipos de pulseira: bracelete desportiva, loop desportiva, bracelete Solo e bracelete Solo entrançada. A marca continuou também a sua parceria com a Nike e as duas versões do relógio começam nos 439€.

Para além deste novo smartwatch, a Apple lançou também o Apple Watch SE, uma espécie de versão low cost, que começa nos 309€. Este inclui um ecrã Retina amplo, igual ao Series 6, sensores avançados que detetam o movimento e outras funcionalidades ligadas à saúde.

Apple One

As novidades da Apple não se ficam apenas pelo hardware. A marca apresentou o Apple One, um bundle que junta seis serviços numa assinatura simples. São eles o Apple Music, o Apple TV+, o Apple Arcade, a iCloud, o Apple News+ e o novo Apple Fitness+. O Apple One existe em três modalidades diferentes: Individual, Family e Premier. Cada uma varia nos serviços que tem integrados e, claro, no preço.

Mas antes que o entusiasmo tome conte de si, avisámo-lo que, em Portugal, apenas estarão disponíveis a versão Individual, que custa 11,95€ por mês e inclui o Apple Music, TV+, Arcade e 50GB de iCloud; ou a versão Família, com um custo de 16,95€/mês, com os mesmos serviços, mas com 200GB de armazenamento em iCloud. Com o plano Família pode ainda convidar até cinco pessoas para se juntarem a si.

Agora que já conhece todas as novidades da Apple para este ano, só precisa de passar na iStore do NorteShopping para ter o último grito da tecnologia nas suas mãos.

Categorias
Tecnologia
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço