Os 10 mandamentos para comer Sushi

Pouse os pauzinhos e afaste-se do molho de soja. Comer sushi é uma arte (segundo os especialistas) e neste artigo vamos mostrar-lhe a forma correta de degustar este prato japonês.

Dizem que esta não é uma comida fácil de se gostar à primeira e desengane-se quem pensa que este é um prato como outro qualquer. Não é. O sushi deve ser comido com toda a pompa e circunstância e foi criado quase um ritual sagrado à volta dele, que pode intimidar qualquer amador que prove pela primeira vez esta iguaria nipónica. “Como faço o pedido no restaurante? Como se pega nos pauzinhos? Que peças devo comer primeiro?” Sim, as perguntas são muitas, mas não se preocupe: descobrimos os dez mandamentos para comer sushi como um verdadeiro japonês. E temos uma notícia chocante: não se come com pauzinhos (pelo menos alguns tipos de sushi).

Antes de mais, “sushi” não significa peixe cru. A palavra refere-se ao arroz, que é o ingrediente base deste prato. E “sashimi” não é um tipo de sushi, mas sim uma iguaria japonesa feita de fatias de peixe fresco ou carne crua. O sushi tradicional japonês, feito de arroz e peixe, chegou há alguns anos ao mundo ocidental e, desde então, tem sofrido várias adaptações, como a criação do sushi de fusão – que passou a incluir ingredientes como legumes, frutas, queijos ou molhos – e a invenção de novas peças (falamos do uramaki, ou “Californian roll”, em que a alga e o arroz são invertidos). Mas a base para a criação de peças de sushi é sempre a mesma: arroz avinagrado com fatias de peixe cru ou frutos do mar em cima (os tradicionais nigiri) ou enrolados numa folha de alga (chamada noori).

E agora que já esclarecemos a história por detrás deste prato, vamos às dez regras de etiqueta no que toca a comer sushi.

1) Começar pelas peças quentes: os hot rolls pertencem à família dos makis (sushi enrolado) e são peças de sushi panadas com tempura e fritas. Se lhe servirem isto no restaurante, é o que deve comer primeiro para evitar que arrefeçam e percam o sabor.

2) Comer com as mãos: quando se fala de sushi de certeza que lhe vem logo à cabeça os tradicionais pauzinhos (ou hashi, se quiser usar o nome japonês). Mas a verdade é que pode (e deve) comer com as mãos. Pelo menos as peças de sushi enrolada (os makis).

3) Comer a peça inteira: faça o que fizer, nunca trinque uma peça de sushi ou a parta. É considerado uma falta de respeito para com o chef, que as faz com o tamanho ideal para serem consumidas de uma só vez.

4) Não abuse do molho de soja: muita gente acha que deve mergulhar as peças de sushi no molho de soja, o que não é verdade. Este molho tem muito sódio, o que o torna extremamente forte, e se for usado em demasia vai sobrepor-se aos outros sabores. Se quiser usar molho de soja no seu sushi, mergulhe apenas o peixe na taça e nunca o arroz.

5) Use o wasabi com moderação: o princípio do molho de soja aplica-se igualmente ao wasabi. Esta pasta feita de rábano verde tem um sabor muito marcante e deve ser utilizada com moderação. Se é fã de wasabi, ponha apenas um bocadinho em cima do peixe.

6) Wasabi e soja nunca se misturam: como já referimos, estes dois ingredientes devem ser usados com moderação e o wasabi nunca deve ser diluído no molho de soja.

7) Comece pelos peixes brancos: tal como na cozinha ocidental, se come primeiro o peixe e depois a carne, no sushi também há uma hierarquia para comer as peças: comece pelos peixes brancos (como o robalo e o pargo), passe para os azuis (carapau e cavala) e deixe para o fim os mais gordos, como o atum e o salmão.

8) Coma os nigiri com o peixe para baixo: os nigiri são as tradicionais peças de sushi japonesas: um monte de arroz com uma fatia de peixe cru ou frutos do mar por cima. Para comer esta peça corretamente e não a desfazer em mil bagos de arroz espalhados pela mesa, deve virá-la de lado, utilizando os hashi, e pegar nela com o peixe virado para baixo.

9) Coma um pouco de gengibre: vai reparar que, junto com as suas peças de sushi, vem um pouco de gengibre. Este elemento não serve apenas para decorar o prato e tem um propósito: sempre que mudar de tipo de peixe (por exemplo de atum para salmão) deve comer um pouco de gengibre para limpar o paladar.

10) Pousar os pauzinhos na taça do molho de soja: quando terminar a sua refeição, deve colocar os hashi, de forma paralela, em cima da taça do molho de soja. Esta é a forma correta de dizer que já terminou a sua refeição.

Agora que já conhece os mandamentos para comer sushi, só precisa de as pôr em prática. E sabe qual é o sítio perfeito para o fazer? No Shibui Sushi e no Noori Sushi do nosso Centro!

Categorias
Comida
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço